sexta-feira

À procura



Hoje passei e vi-te!...
Uma Capa envolvia-te
procurei tirar-ta com todas as forças
estava tão entranhada em ti
que não consegui.
Então, descobri que quem eu amava
não eras tu!...

Tu eras aquela Capa
e eu sempre sonhara contigo
de riso aberto ao vento
a alma a ver-se no olhar
simples e totalmente...
NU!...

Não desisti, voltei para trás
e mais uma vez, e outra e outra
tentei que olhasses para mim
e despisses aquela horrível
e arrepiante Capa.
Não te encontrei!...

Já não existes,
   já não te quero,
      já não te sonho!...
Agora!...

Procuro os bocados de mim...
Procuro o NU!...


9 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
desnuda-te
busca em ti
e,
encontras-te
renovada,
,
conchinhas
*

Maria disse...

E sob essa Capa haverá outra e outra e outra.... não sei....
... não sei se encontras o NU...
... mas sei que sabes onde estão os bocados de TI...

Beijos
(e tu aqui tão perto...)

oArtista disse...

E chega uma altura em que desistimos de lutar, de tentar retirar aquela capa e voltar a ter nos braços o nú que se esconde debaixo dela.
Um beijo

MIMO-TE disse...

Lindo, muito lindo!! :)

Procura sempre o nú, sem capa, sem máscaras, somente o nú e que te mostre também o seu lado lunar :)))


Mil beijos e mimos

margarida já muito desfolhada disse...

A nudez pode ferir-nos, mas é preciso enfrentá-la.

su disse...

Tudo o que faz parte de nós precisa de ser conhecido e aprofundado. Temos de saber com o que contar. Apesar de ser infinito o mistério divino de foi colocado á nascença de cada um dos seres humanos que habitam esta Vida.
Lindo poema. Um dia destes poderias emprestar-me para colocar lá na Teia (o outro blog sem ser o Reflexos!)?
Beijinhos grandes.

Fátima disse...

Olá Amiga,

Procura sempre, vais encontar sem dúvida sempre algo de novo! Lindo poema, foto fantástica!

Adorei o teu blogue! Vou voltar mais vezes, fiquei encantada.

Obrigado pela visita ao meu cantinho, volta sempre...

Posso adicionar-te ao meu cantinho de amigos?

:-) beijinhos

Maria disse...

Marias!... Marias!... Marias!
Marias diferentes, Marias iguais!...

Obrigada a visita ao meu blog e deixem-me dizer que este "Amor infinito" encantou-me.

Capa!... Mascara!...
Medo!... Falta de coragem!...
Sonho!. Realidade!...
Estas palavras não deviam existir, mas existem, bem gostaria que não nos tocassem!... Mas tocam-nos e mais do que queremos.
Bj

david santos disse...

Passei para desejar-lhe um bom final de 2007 e um bom ano de 2008.