sexta-feira

Saudades Eternas

O Dia de todos Santos é dedicado especificamente áqueles que já gozam da visão beatifica do céu, por isso o dedico com saudade e homenagem ao meu querido pai e ao meu sobrinho Fernando que cedo e de forma trágica deixou esta vida.
Ao meu pai devo-lhe tudo o que sou. Com o meu sobrinho senti-me um pouco mãe.
Ontem fui até ao cemitério com a minha irmã e o meu coração entristeceu. Ele não merecia o que lhe aconteceu.


Depois do fatal acidente
Ter levado nosso "menino"
Sempre nos encontramos
No túmulo do "pequenino"

Olho-o, naquela pedra tumular
Mas o que vejo é diferente
Está no céu eternamente
Pois mereceu lá um lugar

Estas pequenas quadras são em homenagem ao meu querido sobrinho e à minha irmã que vejo sofrer todos os dias e não passa um dia sem o visitar.
Fernando, sempre estarás nos nossos corações e como diz a minha filhota, que adorava ver os "Gatos Fedorentos" contigo, basta: "olhar o céu e procurar a estrela mais brilhante" que com certeza serás tu.


Pensamentos:


"Partida, hora amarga ,
enche-se a alma de saudades
e os olhos de lágrimas."


(Ulisses Cuiabano)

"A morte é surda, vem quando menos esperamos."



(Autor desconhecido)

1 comentário:

marias disse...

Eterna saudade!

Ontem procurei numa estrela no céu...estava encoberto...
...vi-te no meu coração!