sábado

Beijo infinito...

Deixa lá, o tempo!...
No amor não há tempo
o tempo não se quantifica
apenas se qualifica.

Deixa lá o tempo...
e ...
junta os teus lábios aos meus
num beijo longo, infinito...
como mar e céu
a juntarem-se no horizonte.

Deixarei o tempo?!...
Juntarei os meus lábios aos teus
num beijo longo?...

5 comentários:

Maria disse...

Estou prá qui a olhar para o que escreveste e não me sai nada.
Nada de novo, apenas repetitivo...
O mar e o céu juntam-se no horizonte, sempre, mas é uma ilusão, de facto eles nunca se juntam, nunca se unem...
... como o sol e a lua, eternos namorados, sempre desencontrados...

Deixo-te um beijo apertadinho...

maria disse...

maria

...um dia um "ser supremo", ao ver tanto amor decidiu que amor nenhum seria impossível, nem mesmo o do sol e da lua e criou o Eclipse...
pode acontecer poucas vezes mas um e outro vivem à espera desses momentos e quando o sol encobre a lua o brilho de extase deste amor é tão grande que nós, simples mortais, não podemos olhar para o céu sem a devida protecção pois corremos o risco de cegar...

...quem sabe um dia o destino (já sei, não existe) ainda vai juntar céu e mar...

Deixa lá Maria, eu é que sou e serei sempre uma sonhadora!...
Gosto de mim assim!

Bjs

Maria disse...

Também gosto de ti assim, sonhadora....
Mas desejo-te lúcida para o dia a dia, e com os pés na terra, senão.... o sofrimento é ainda maior...
Toda a gente tem direito a ser feliz. Tens de lutar pela tua felicidade. Se ela passar pelo caminho que queres escolher, avança....
... mas sabes o que vais encontrar...

Um abraço, igualmente apertadinho

Pecadormeconfesso disse...

No amor não há tempo

maria disse...

pecador

Tens razão, não há mesmo... nós é que complicamos tudo.

Obrigado pela tua visita.

Um abraço