segunda-feira

Mar Português

Hoje apeteceu-me reler Pessoa!...



Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!


Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma não é pequena.
Quem quer passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu.


Fernando Pessoa, in "Mensagem"


Foto: Internet

4 comentários:

Maria disse...

Podia dizer-te apenas: gostei deste post, obrigada por trazeres Pesssoa aqui.
Mas não. Eu imagino porque trouxeste Pessoa.
"tudo vale a pena, quando a alma não é pequena"....

Beijo de boa noite....

maria disse...

maria

Obrigado por me leres!...

Este post foi colocado para uma outra pessoa que, talvez... precise mais do que eu.

*Também se encaixa perfeitamente no que dizes...

Gosto de ti maria!...

Bjs

Jojo disse...

Obrigado! =)
Sim é verdade, não pudemos estar com medo. Temos de enfrentar as coisas e correr certos riscos para depois mais tarde não ficarmos a pensar no que puderia ter acontecido.
Obrigado pelos conselhos. E este poema do Fernando Pessoa disse muito!

beijo

rosa dourada/ondina azul disse...

Adoro este poema !

Obrigada pela postagem !


Beijinho,