domingo

Impressão Digital

Os meus olhos são uns olhos,
E é com esses olhos uns
que eu vejo no mundo escolhos
onde outros, com outros olhos,
não vêem escolhos nenhuns.

Quem diz escolhos diz flores.
De tudo o mesmo se diz.
Onde uns vêem luto e dores
uns outros descobrem cores
do mais formoso matiz.

Nas ruas ou nas estradas
onde passa tanta gente,
uns vêem pedras pisadas,
mas outros, gnomos e fadas
num halo resplandecente.

Inútil seguir vizinhos,
querer ser depois ou ser antes.
Cada um é seus caminhos.
Onde Sancho vê moinhos
D. Quixote vê gigantes.


Vê moinhos? São moinhos.
Vê gigantes? São gigantes.

( António Gedeão)



Fotos: Google

5 comentários:

Sandra Mara disse...

Para mim, os olhos é a parte mais importante de um ser humano, pois é através do olhar q conseguimos captar qdo a pessoa está mentindo ou dizendo a verdade . Os olhos dizem mais q mts palavras.
Obrigada pela visita ao meu blog..
Sempre será mto bem vinda nele..
Beijos!!

Cadinho RoCo disse...

Somos livres para decidir e decifrar imagens que percebemos.
Cadinho RoCo

Maria, Simplesmente disse...

Pensas que seriamos felizes com petróleo?...
Alguém estaria com o "olho" em nós Marias.
Se não está já.
Até porque com as novas tecnologias as prospecções não se fazem como antigamente, mas por satélite.
Há quem saiba o que temos, mais do que nós sabemos.
Obrigada o teu comentário.
Desejo-te uma óptima semana.
Maria

poetaeusou . . . disse...

*
os meus olhos
são moinhos
digitais
na impressão
de gedeão
que nos enleia
velas gigantes
em que cervantes
deixou o mote
louco o quixote
não...caiu na teia
da dulcineia . . .
,
belo poste, marias,
,
///

Multiolhares disse...

Os olhos são o espelho da alma
Então podemos ver o que os nossos olhos mostram
beijos