quarta-feira

Iludir o esquecimento


Quando voltares
verás que nada mudou,
exceto as coisas todas...
as cores e aparências,
os tons, os rostos,
as almas que se vendem
e as crenças que se agarram,
o correr banal da vida
e o estranho modo
de iludir esquecimento...
Só eu fico o mesmo,
com um ramo de sonhos
e um riso lindo,
à tua espera.

(Luís Rosa )

Foto: pesquisa Google

4 comentários:

۩☆€ŁØĐƗΔ☆۩ ♀ disse...

Doeu na alma de tão lindo.

Multiolhares disse...

quando somos fieis a nós mesmos nada muda
bjs

António Jesus Batalha disse...

Meus amigos irmãos, passei pela net visitando vários blogs, e passei pelo seu lindo e excelente blog, não li muito mas o suficiente para ver que pelas suas palavras aqui expressas, é um ser que ama o mesmo Deus, e que deseja servi-lo e honra-lo, e isso para mim é mais que motivo de alegria. Quero deixar-lhe um convite: Mas faça-o só se desejar, se não estiver interessado pode deletar meu comentário que não fico chateado. Se deseja fazer parte do blog. O Peregrino e servo. Decerto que irei seguir também seu blog, não sou das pessoas que dizem que vão seguir e depois não seguem. Também peço desculpa se por acaso deixar mais do que um comentário. Obrigado pela atenção.
Antonio Batalha.

irene alves disse...

Venho desejar-lhe um Feliz 2013.
Prometo voltar mais vezes.
Bj.
Irene Alves